O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou que o governo do Estado dará entrada ainda hoje (15) no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a Bahia possa efetivar a compra da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19, sem depender do governo federal.

“Com a negativa da Índia, insuficiência da Pfizer e demais fabricantes mundiais, não há justificativa para continuar negando ao povo brasileiro o acesso imediato às 10 milhões de doses da Sputnik V, com 91% de eficácia.”, afirma Vilas-Boas em sua conta do Twitter.

O governo da Bahia tem um contrato com o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) para ser priorizado no fornecimento da vacina. Ontem (15), a farmacêutica brasileira União Química e o RDIF protocolaram o pedido de uso emergencial da Sputnik V.

Fonte: metro1