Ciclone no Sudeste deve gerar ventos de 87 km/h no Sul da Bahia

A Marinha do Brasil divulgou nesta quarta-feira (22) um novo comunicado em que confirma a formação de um ciclone subtropical em alto-mar entre o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. Com isso, são esperados ventos de até 87 km/h entre Vitória (ES) e a Bahia, que deve ser atingida até o Sul de Caravelas, entre a manhã desta quinta (23) e o sábado (25).

Também são esperados ventos com direção e até 61 km/h (33 nós) em alto-mar, no estado da Bahia, entre as cidades de Caravelas e Ilhéus, entre o dia 23 pela manhã e o dia 25 pela manhã.

De acordo com o comunicado, os ventos podem gerar ondas maiores, com alturas de 3 a 5 metros, também de Vitória até o Sul de Caravelas, no mesmo período. Há alertas de ondas grandes também para outros estados do Sudeste e Sul do país.

A previsão é de que o ciclone se forme com possíveis características subtropicais, diz texto divulgado ontem pela Marinha. Caso a intensidade dos ventos chegue ou ultrapasse 63 km/h, o fenômeno passa a ser considerado uma tempestade subtropical Kurumi, expressão em tupi-guarani que significa “menino”.

O aprofundamento do ciclone pode aumentar a umidade na região, causando mais chuvas no litoral do Espírito Santo até o do Sul da Bahia.

Aos navegantes, é importante que consultem as informações antes de irem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

As informações da Marinha do Brasil foram coletadas por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) e em colaboração com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e o Centro Integrado de Meteorologia Aeronáutica da Força Aérea Brasileira (CIMAER/FAB).