Jânio Quadros: Inema e CIPPA desarticulam carvoeiras que desmatavam a caatinga

Na última quarta-feira (11), o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), com o apoio da CIPPA ambiental de Porto Seguro, localizou, após denúncias, duas carvoarias ilegais na zona rural do município de Presidente Jânio Quadros. As carvoarias operavam com madeira nativa da caatinga, obtida por meio de desmatamentos ilegais. No total, foram destruídos 6 fornos que estavam em plena produção.

De acordo com o site de notícias Achei Sudoeste, o coordenador regional da unidade do Inema no sudoeste baiano, Glauber Vieira de Oliveira, explicou que as atividades fiscalizatórias são realizadas constantemente pelo órgão com o objetivo de inibir as práticas irregulares.

“Foi constatada em Jânio Quadros a irregularidade de desmatamento de árvores da caatinga, bioma preservado por lei, além de seis fornos de carvão. O Inema vem atuando e coibindo essas atividades”, disse. O coordenador deixou claro que qualquer derrubada de árvore na caatinga precisa da autorização do Inema. Ninguém foi preso durante a operação, visto que, possivelmente, os infratores foram avisados anteriormente à chegada dos técnicos.