Na última semana, a 90ª Zona Eleitoral iniciou a divulgação de cancelamento de títulos eleitorais na cidade de Malhada de Pedras, no sudoeste baiano.

Segundo apurou o site Brumado Notícias, a justiça constatou que os eleitores apresentaram endereço de residência fixa sem estarem morando na cidade, o que configura uma espécie de fraude eleitoral.

São mais de 80 títulos de pessoas que pediram transferência ou alistamento apontando residência em Malhada de Pedras. O número parece inexpressivo, mas pode decidir as eleições locais. Na última eleição, em 2012, foram depositados 6.774 votos nas urnas do município e o prefeito foi eleito com 416 votos de frente.

Já este ano, o registro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aponta um colegiado de 7.536, ou seja, um aumento de 762 eleitores no município. Outro dado que chama a atenção é a projeção populacional do IBGE para o município em 2015: de 8.896 habitantes, um eleitorado perto da população total da cidade.