As contas da Prefeitura de Maetinga, da responsabilidade de Edcarlos Lima Oliveira (PT), relativas ao exercício de 2015, foram aprovadas com ressalvas pelo Tribunal de Contas dos Municípios, em sessão realizada na quarta-feira (23).

Segundo apurou o site Brumado Notícias, o gestor foi multado em R$ 3 mil pelas irregularidades contidas no relatório técnico, entre as quais a contratação direta de assessoria e consultoria sem comprovação da singularidade do serviço, contratação de bandas sem comprovação de notoriedade e reconhecimento da opinião pública, a reincidência na omissão da cobrança da dívida ativa e a omissão na cobrança de multas (R$ 41.800,00) e ressarcimentos (R$ 56.111,87) imputados a agentes políticos do município. Ainda cabe recurso da decisão.