Boa notícia para os amantes de cerveja, mas que evitam bebê-la no dia a dia devido ao fator alcoólico e à quantidade de calorias. A versão sem álcool, além de benéfica para a saúde, é menos calórica e pode até ser aliada da atividade física.

Elaborada com os mesmos ingredientes naturais da versão tradicional – água, malte, lúpulo e levedura -, a cerveja sem álcool é rica em antioxidantes, vitaminas do complexo, ácido fólico e sais minerais. Além disso tem propriedades isotônicas (fornecimento de água e sais minerais perdidos no suor) e apenas 90 calorias, em comparação com as 160 da versão alcoólica. O lúpulo é o grande responsável pelos benefícios à saúde presentes na cerveja.

É nele que estão os polifenóis, antioxidantes poderosos encontrados também no chocolate e em frutas como uva, morango e frutas vermelhas, que auxiliam na prevenção do envelhecimento precoce na melhora da geração de energia dentro das células. Um litro de cerveja sem álcool contém de 400 a 800 miligramas de polifenóis, dosagem suficiente para esse efeito protetor.

Já as leveduras são responsáveis pela presença das vitaminas do complexo B e do ácido fólico. As primeiras contribuem, por exemplo, para a geração de energia nas células. Sua falta no organismo nos deixa cansados e sem energia. Já o ácido fólico é extremamente importante para a manutenção das funções cognitivas. A bebida também é uma boa opção para o pós-treino. As informações são da Veja.