Na sessão da última quarta-feira (26), o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou com ressalvas as contas da prefeitura da cidade de Malhada de Pedras, da responsabilidade de Valdecir Alves Bezerra (PT), o Ceará, relativas ao exercício de 2015.

O relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, opinou pela rejeição das contas do prefeito, vez que os gastos com pessoal alcançaram o percentual de 59,01% da receita corrente líquida, descumprindo o limite previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Contudo, por três votos a dois, a maioria do pleno decidiu aprovar, embora com ressalvas, a prestação de contas do gestor.

O prefeito foi punido com duas multas, sendo a primeira no valor de R$ 7 mil, por irregularidades remanescentes no parecer, e a segunda no montante de R$ 36 mil, equivalente a 30% dos subsídios anuais, pelo descumprimento de determinação para redução das despesas com pessoal.