O Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA) em parceria com a Polícia Militar prendeu em flagrante, Humberto Novais Santos, 55 anos, exercendo ilegalmente a profissão de cirurgião-dentista no município de Condeúba.

unnamed-1

Segundo Humberto, ele exercia a função a mais de 20 anos, atendendo em média 10 pessoas por dia. O falso dentista vai responder pelo exercício ilegal da profissão de odontologia e se condenado pode pegar de seis meses a dois anos de prisão. Ainda segundo o CRO-BA nos últimos dois anos mais de 40 pessoas foram flagradas atuando ilegalmente como cirurgião-dentista. E por conta deste alto índice assinou em conjunto com o Ministério Público Estadual um termo de cooperação, onde haverá a retenção e perdimento dos equipamentos de produtos odontológicos durante os flagrantes do exercício ilegal da profissão de cirurgião-dentista, os equipamentos e produtos sejam apreendidos e destinados a instituições de ensino e/ou entidades que atuem na pratica odontológica condizente com o Código de Ética Odontológica.

 

Fonte: Varela Noticias